Páginas

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Apresentação de trabalhos do PIBID!

Nos dia 14 e 15 de Dezembro, bolsistas do PIBID/BIOLOGIA/CARVI – UCS: Aline, Kétini, Luana, Tatiane e Wilian, juntamente com a professora Gladis, coordenadora do projeto, participaram do evento: PRÁTICAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA NA REGIÃO SUL. ENFOQUES, AVALIAÇÃO E PERPECTIVAS:

§ II PIBID/SUL -II SEMINÁRIO DO PIBID DA REGIÃO SUL
§ II ENLICSUL - II ENCONTRO DE LICENCIATURAS DA REGIÃO SUL
§ II SEMINÁRIO INSTITUCIONAL PIBID/UNISINOS

O evento ocorreu na Universidade do Vale dos Sinos (UNISINOS), no campus São Leopoldo, Rio Grande do Sul.




No dia 14, as Bolsistas Aline e Kétini e o bolsista Wiliam, apresentaram o trabalho: “PROJETOS PIBID E LABCI: TRILHA ECOLÓGICA COMO PROPOSTA DE APRENDIZAGEM”.  Segue as imagens da apresentação:










 No dia 15, as bolsistas Luana e Tatiane apresentaram o trabalho “CONSTRUINDO CONHECIMENTOS EM CIÊNCIAS COM A HORTA ESCOLAR”. Segue as imagens da apresentação:








A participação no evento foi muito interessante por permitir compartilhar de experiências vivenciadas pelos pibidianos que se mostraram muito eficazes em contribuir com a formação de aprendizagens significativas dos alunos nas escolas parceiras, bem como por proporcionar o conhecimento de novos projetos e realidades, da região Sul do país.

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017



Brincadeira de Adulto!

Certo dia resolvi brincar!
Brincar de ser Deus.
A primeira coisa que fiz
Foi aniquilar com o silêncio das plantas
E interromper o vôo das asas.
Enganei o outono, fiz das suas folhas mortas,
Apenas sujeira.
Depois, resolvi talhar os rios, secar as fontes,
Contagiar a sede e burlar a fome.
Tão pouco, resolvi que o húmus da vida,
Seria falso e sem vida.
Então, brinquei de fazer almas humanas, solitárias.
E como um toque final.
Decidi aquecer os corações a tamanho grau
Para que não existisse inverno
E que tudo tomasse forma derretida
Como a máscara desse Deus,
Que de tão derretida, tornou-se a imagem de Judas.

Willian Lando Czeikoski


Bilhões de Nada

Quando abri as portas de meu íntimo,
Abri as portas da melancolia.
Cheguei bem perto do coração
E vi refletir a grandeza do oceano
Em meu arroio de consciência.
Vi debruçar no chão leviano,
À humildade, uma camada jovem
E fértil da terra.
Quando tive acesso a está chave,
Da qual não faz-se cópia.
Esbravejei minha ignota percepção,
De que nossa mãe lacrimeja ácido,
Por sete bilhões de almas que perderam-se
Na disputada vaga da solidão.

Willian L. Czeikoski

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Experimento: A lâmpada de lava!

Nos dias 28 e 30 Novembro fez-se uma divertida e interessante prática com as turmas do sexto ano: a Lâmpada de Lava!


Para essa, foi solicitada anteriormente que os alunos providenciassem alguns materiais necessários, como óleo de cozinha e canetas destaca texto.
O experimento ocorreu no laboratório de Ciências, onde os alunos foram divididos em cinco grupos para executarem as tarefas.

Inicialmente cada grupo adicionou 100 ml de água em seus copos de Becker. Seguidamente com auxílio das bolsistas cortaram-se os canetas destaca texto, para então poder retirar sua tinta e assim colorir a água. Após colocou-se 200 ml de óleo juntamente ao copo de Becker com a água colorida.


Aluno colocando água no copo de Becker.

Alunos medindo o volume de óleo necessário.

Alunas colorindo a água para o experimento.

Nesse momento pode-se discutir com os alunos a questão das diferentes densidades entre a água e o óleo. Bem como o fato de as moléculas de gordura não terem afinidade com as moléculas da água. As explicações permitiram maior compreensão do porque a água e o óleo não se misturam e óleo fica na parte superior da solução (menos denso que a água).
Em seguida, três grupos por vezes deveriam inserir junto a sua solução um comprimido ou uma colher de chá de antiácido estomacal, e então as bolsistas ligavam a lâmpada de luz negra para verificar a reação ocorrida. Para melhor observação foram fechadas todas as cortinas do laboratório, produzindo o ambiente mais escuto possível.


Alunos inserindo o antiácido estomacal na solução.

Alunos inserindo o antiácido estomacal na solução.

Reação ocorrendo e sendo visualizada com a luz negra.

Nesse experimento ocorre uma reação química que fica muito bonita de ser visualizada através da coloração da água com cores fluorescentes perceptíveis pela ação da luz negra.
O antiácido possui em sua composição bicarbonato, mais um ácido (geralmente ácido cítrico e outros), que quando em contato com água, reagem liberando gás carbônico, que faz com que bolhas se formem na solução. A água consegue subir juntamente com as bolhas do gás até a superfície do frasco, onde então o gás é liberado para o ambiente e água volta até o fundo, já que é mais densa que o óleo, que permanece na superfície. Esse fato produz um efeito parecido com derrame de lava. Com a luz negra pode-se visualizar além do espectro visível, e então ver as cores mais brilhantes, como as florescentes que foram utilizadas da canetas.
Seguem mais algumas belas imagens do experimento:






Além dos assuntos compreendidos com os experimentos, foi possível se divertir: os alunos aproveitaram para fazer desenhos na pele e observar sob a luz negra!







A prática ocorreu de maneira muito produtiva e participativa, contando com a aprovação e interesse dos discentes em todas as suas etapas.


Referência do experimento
MANUAL DO MUNDO. 2011. A quase lâmpada de lava-experimento. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=TU4aS5KgVxU>. Acesso em 25 de Nov.2017.

FICHA TÉCNICA
Data: 28/11 e 30/11/2017
Escola: EEEM Mestre Santa Bárbara.
Turma: 3 turmas de sextos anos.
Número de alunos atendidos: 90 alunos.
Bolsistas envolvidas: Ana Paula de Souza, Bruna Trevisol, Luana Boeira, Raquel de Villa, Tatiane Eitelven e Luciana Bonato Lovato.